Buscar
  • Arquitetura Rural

Arquitetura e Design Ecológico para o Séc. XXI


“...The kind of hope I often think about, I understand above all, as a state of mind, not a state of the world. Either we have hope within us, or we don’t...Hope is not the same thing as optimism. It is not the conviction that something will turn out well, but the certainty that something makes sense, regardless of how it turns out. ” - Vaclac Havel


"O tipo de esperança em que penso frequentemente, entendo, acima de tudo, como um estado da mente, não um estado do mundo. Ou temos esperança dentro de nós ou não….

Esperança não é a mesma coisa que otimismo. Não é a convicção de que algo dará certo, mas a certeza de que alguma coisa faz sentido, independentemente dos resultados. " - Vaclac Havel


Vivemos um momento único na história da humanidade e do planeta. Ao mesmo tempo sujeitos aos impactos ambientais resultantes de nossas ações, temos também o conhecimento e as tecnologias necessárias para reverter a atual crise ambiental, e construirmos um modo de vida em equilíbrio com a Biosfera.


A estruturação de uma sociedade global baseada em princípios ecológicos, que permita que a Natureza mantenha sua propriedade natural de autogeração, regeneração e abundância, é essencial para que continuemos a desfrutar do privilégio de participarmos desse planeta tão magnífico. O campo da Ecologia nos oferece diversas ferramentas e princípios que nos auxiliam na descoberta de novos modelos e soluções para este desafio.


O movimento da Ecologia Profunda (Deep Ecology), baseia-se no entendimento de que todas as formas de vida tem um valor intrínseco, e assim seu bem-estar deve ser considerado nas decisões sociais, políticas, econômicas e ambientais que fazemos diariamente. A Ecologia Profunda nasceu na década de 70, e teve como principal contribuidor o filósofo e montanhista norueguês Arne Naess. A palavra “profunda” sugere o alcance que a prática da ecologia deve ter na proposição de novos valores e princípios, nos questionamentos relacionados à qualidade de nossas ações e escolhas, na experiência espiritual construída em integração com a Natureza. Incentiva, também, um profundo entendimento sobre a origem da crise que hoje vivemos.


A atual era do Antropoceno é o primeiro período geológico definido pela atividade humana no planeta, forte o suficiente para promover a modificação da superfície terrestre, a desestabilização do clima e o colapso dos ecossistemas naturais. O físico Fritjof Capra afirma que todas as crises - ambiental, social, econômica - são sistêmicas e originam-se no mesmo lugar, a partir de uma crise de percepção.  A forma como percebemos a vida, nosso senso de ética e valores, determinam a qualidade de nossas ações.

E por falar em valores, este é o momento para repensarmos a forma como atribuímos valor e calculamos o sucesso de nossos empreendimentos e projetos pessoais e profissionais. O sucesso é uma ideia com muitas facetas e reflete aquilo que intimamente consideramos importante e o que nos esforçamos para construir.

Como podemos criar novas métricas para definir a qualidade e o sucesso de nossos projetos ?


Na Arquitetura Rural, algumas de nossas métricas são o aumento da biodiversidade de um ecossistema, o sequestro de carbono, o uso de materiais renováveis e mão-de-obra local, a regeneração de um habitat,  o aumento da produtividade e rentabilidade de um sistema, o bem-estar e a felicidade da comunidade envolvida.


Através de um design integrado à ecologia, desenvolvemos soluções que não apenas se sustentam, mas criam melhorias no território onde são implantadas.

Nos guiamos por alguns princípios básicos, como o uso de tecnologias de design passivo, a facilitação da ciclagem de nutrientes através de pontos de sinergia no terreno (trash = food), o uso da energia do sol como principal motor para criação de abundância e vida, e a combinação da tecnologia (maquinários e equipamentos) com a biologia (plantas e animais) na construção de nossos projetos. Assim, criamos soluções adequadas às condições naturais do território, combinadas aos desejos dos proprietários da terra / comunidade envolvida.


Acreditamos que a arquitetura é a disciplina que mais influencia a forma como as pessoas interagem com o mundo, através do espaço físico que acolhe as vidas e as sociedades. A arquitetura determina como vivemos, onde e como vamos, o que vemos, como trabalhamos e nos divertimos… e como nos relacionamos com a natureza. Portanto, a arquitetura afina (ou desafina) nossa visão e nossos valores.

Assim, o nosso trabalho tem como objetivo criar novas manifestações da arquitetura para o século XXI, estruturando espaços não somente para os seres humanos, mas para todos os seres. Espaços que expressem vida, produzam alimento e solo, propiciem bem-estar, e incentivem uma nova relação com o planeta, de forma colaborativa e sistêmica.

9 visualizações

Calculadora de plantio:  5.060 mudas de árvores nativas plantadas até o momento no Brasil em nossos projetos

* início da contagem: 01/01/2016

Rua Roque Petrella, 46 - CJ 604 - Brooklin - São Paulo, SP - Brasil  |  CEP: 04581-050   |   Telefone +55 11 94119-3235   |   E-mail: contato@arquiteturarural.com

 

Todos os direitos reservados Arquitetura Rural ® 2016

  • Grey Instagram Icon